Imagem de destaque - Branding

O que o branding pode fazer pelo seu aplicativo?

Branding é uma palavra que está na moda. Todo mundo faz branding, todo mundo quer branding, diversas áreas de atuação dizem que o branding é coisa deles…  No meio desta confusão, será que você entende o que é branding?

Identidade visual? Publicidade? Comunicação? Marketing? Relacionamento com o cliente? Branding não é nada disso. E é tudo isso também.

Branding é um modelo de gestão empresarial. E por isso ele passa por todas as áreas acima. O objetivo deste modelo é fazer com que toda a empresa trabalhe voltada para a construção do valor da marca. Este valor está na percepção do consumidor e nos impactos – positivos e negativos – que sua marca gera. E, em última instância, é o que irá trazer mais vendas, aumentar seu mercado e gerar o crescimento do negócio.

O Branding se destaca como modelo de gestão em mercados comoditizados. Os concorrentes são muitos e todos tem acesso semelhante às tecnologias de produção. Os consumidores têm muitas escolhas e já não conseguem mais perceber as diferenças entre os produtos. Por mais que você ache que seu produto seja o mais incrível de todos, aos olhos do consumidor que está no meio de um mar de opções, tudo parece mais do mesmo.

O mercado de apps se encaixa exatamente neste cenário. Mesmo que você lance um app original, que ninguém nunca fez antes, não demorará muito para que apareçam diversos apps semelhantes. Se você lançar novas funcionalidades, seus concorrentes podem copiá-las rapidamente. Os usuários encontram milhares de opções de aplicativos nas lojas e é cada vez mais difícil saber qual o melhor dentre eles.

Neste cenário, é o valor da marca – construído através do branding – que irá fazer seu aplicativo se destacar para o usuário.

Interface e funcionalidades são muito importantes, mas não são o principal diferencial do seu aplicativo. Elas devem ser planejadas e construídas orientadas à construção do valor da marca. Desta forma elas serão sempre um vetor positivo nos seus esforços de destacar seu aplicativo de seus diversos concorrentes.

O que nos leva a uma pergunta muito importante: que valor você quer que seu aplicativo (AKA o principal produto da sua marca) tenha para o seu usuário? O que ele vai ganhar ao usar, se relacionar ou até divulgar a sua marca? Não se trata de valor monetário (embora, em última instância existam formas de traduzir este valor em $). O valor da marca é intangível.

O valor da marca está ligado à algo maior que seu aplicativo. Está ligado ao porquê de oferecer o seu aplicativo ao mercado. Está ligado ao posicionamento da sua empresa. Quem ela é? O que ela vai trazer ao mundo? E como pretende fazer isso?

Estas três perguntas são o guia para o seu posicionamento. E para responder a estas três perguntas fundamentais, é preciso ter uma visão global sobre a experiência do usuário. Ela não está somente na interface. A preocupação com a experiência do usuário deve contemplar todos os pontos de contato com o seu produto. A busca, o download, a instalação, o primeiro uso, tutoriais, mensagens, suporte… Qualquer interação com o usuário dentro e fora do aplicativo conta. Tudo isto irá influenciar a experiência do seu usuário e portanto aumentar – ou diminuir – o valor da sua marca.

Com um posicionamento claro e definido, você poderá determinar modelos e diretrizes para a gestão do seu negócio de forma mais assertiva. O posicionamento também vai ter ajudar a contratar equipe e brifar fornecedores. O posicionamento não pode ser algo que você escreve num papel e guarda na gaveta. Ele precisa ser traduzido em planejamento e ações que irão gerar resultados. E ações que geram resultados são interações com seus consumidores, parceiros e equipe, em diversos pontos de contato.

Tudo precisa ser coerente com o seu posicionamento. Da parte visual – interface, logotipo, ícone – até a forma como são escritas as suas mensagens de suporte ou como sua equipe atende seu cliente.

Todas estas interações irão atribuir um valor intangível à sua marca. E você precisa garantir que este valor seja sempre positivo. Para isto é necessário ter formas de avaliar e mensurar seus resultados. E para isso você precisa entender o que significa sucesso para a sua marca. Esta métrica não será a mesma para todos os aplicativos. E também não será medida somente em números e dinheiro. E sabe onde você deve buscar o direcionamento para avaliar os seus resultados? Acertou – no posicionamento da marca.

E é aí que entra o branding como modelo de gestão. O branding vai te ajudar na gestão de relacionamentos e criação de experiências com o objetivo de ampliar o impacto da sua marca. E isso vai gerar vendas, conquistar mercados e aumentar o valor – tangível e intangível – do seu aplicativo.

Portanto, além de pensar em criar um aplicativo, pense também em criar uma marca forte associada à ele. E isso é muito mais do que um ícone bonito ou uma interface legal. Ela começa junto da sua idéia e do seu plano de negócios. A marca é a representação cognitiva do DNA do seu aplicativo, a alma do que você está querendo criar.

Pode parecer intimidador construir uma marca forte e memorável. Mas se desde o começo todos os esforços da sua empresa forem orientados à construção do valor da sua marca, o processo será natural. E você terá em mãos não só um aplicativo incrível mas também um diferencial que irá levá-lo ao sucesso.

Pense no branding como um rebocador. Rebocadores são aqueles barcos pequenos que ajudam navios chegarem até o porto. Á primeira vista, eles parecem insignificantes perto de transatlânticos enormes e imponentes que cruzam oceanos. Mas sem a ajuda do rebocador, o navio grande não consegue chegar no seu destino final – o porto.

Você quer cruzar oceanos para no final da viagem conhecer novos portos. E é isso que o branding pode fazer pelo seu aplicativo.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Dani Lima

Facebook Twitter Google+

Designer por paixão, criadora por vocação. Dona de uma eterna vontade de tornar o mundo visual em que estamos mergulhados, mais vivo e interessante. Corredora, mãe e whovian - não necessariamente nesta ordem.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *